SOLUÇÕES RÁPIDAS E SIMPLES PARA CABELOS OLEOSOS

Hygiene_CleanHairQuiz

Já tem imenso com que se preocupar no seu dia a dia agitado – a última coisa de que precisa é de ter de se preocupar com uma rotina de beleza que aguente o dia todo. Duas palavras aterradoras falam por si: cabelo oleoso. Não se preocupe – a ajuda está a chegar! Vai saber tudo o que é preciso para acabar com os óleos maus no seu cabelo, manter os bons e eliminar os restos de produtos modeladores.

Como deixo de ter cabelo oleoso?O couro cabeludo e as fibras capilares têm muitos óleos naturais. Na verdade, o nosso couro cabeludo produz 2 a 4 gramas de óleo (ou sebo) – equivalente a, aproximadamente, ½ colher de sopa de óleo – todos os dias. Embora não se possa alterar a quantidade de óleo que o couro cabeludo produz diariamente, é possível geri-la. Por exemplo, escovar com uma escova de cerdas naturais, que distribui uniformemente esse óleo por todo o cabelo, pode retificar uma ligeira acumulação de óleo no couro cabeludo e distribuí-la até às pontas. Isto ajuda a evitar o cabelo misto: oleoso nas raízes e seco nas pontas. Para além disto, pode ajustar a frequência com que lava o cabelo.

Como sei se está mesmo limpo?Aplique o champô diretamente no couro cabeludo e massaje-o, visto que esta costuma ser a área onde o óleo mais se acumula. Um indicador seguro da limpeza do cabelo é quando se formam bolhas ou espuma quando aplica o champô. A sujidade e o óleo destroem as bolhas – quase sempre durante a espuma inicial –, pelo que poderá ser necessária uma lavagem adicional para limpar bem o cabelo. De acordo com os médicos especialistas do Pantene Hair Research Institute, deve enxaguar o cabelo apenas o tempo necessário para retirar o champô. Um facto curioso! Alguns ingredientes só são ativados quando enxagua. Quem diria?

Com que frequência devo lavar?Para a Dra. Antonella Tosti, Professora de Dermatologia na Universidade de Miami, “a frequência com a qual se lava o cabelo é uma escolha pessoal, mas aconselho os meus doentes a lavar com champô, pelo menos, duas vezes por semana e tranquilizo-os dizendo que não há problema em lavar todos os dias. É preciso lavar bem o couro cabeludo e recomendo a lavagem após o exercício físico, uma vez que a transpiração pode provocar irritação no couro cabeludo.” Existem outros fatores, para além da frequência do exercício físico, que influenciam a regularidade com a qual se lava o cabelo: o clima onde se vive, a espessura do cabelo (é mais fácil quem tem cabelo mais fino ter mais oleosidade), a existência ou não de tendência para a oleosidade, cabelo seco ou misto e a utilização de produtos modeladores.

Ouço tantas opiniões diferentes; o que devo utilizar em cabelo com tendência para a oleosidade?Champô seco: Para quem tem cabelo encaracolado ou tranças espessas, os champôs secos e pós podem ser uma boa opção para assegurar uma boa aparência entre lavagens.

Champô clarificador: Os champôs de desintoxicação, quando utilizados uma vez por semana, eliminam os resíduos de modelador do cabelo e facilitam as rotinas diárias. Procure um champô que seja límpido, visto que os champôs transparentes são um bom indicador da sua função principal: limpeza.

Não se esqueça de que, mesmo que tenha tendência para ter cabelo oleoso, pode usar condicionador – sem qualquer problema. Para desembaraçar sem ficar com a sensação de cabelo oleoso, aplique condicionador apenas nas pontas do cabelo, avançando na direção da raiz do cabelo, mas sem chegar ao couro cabeludo.

Hygiene_Less_Greasy